Sábado, 24 de Abril de 2010

...

 

 

Esteve cinco dias por semana, durante 2 anos, comigo. De segunda a sexta, no mínimo 5 minutos, nos melhores dias duas horas, ficavamos a conversar.

 

O trabalho é uma m*rda, e teve de ir para outro lugar (odeio o ministério da educação, não sei se já vos contei isto. também odeio que os professores tenham de se submeter àquele concurso estúpido, que me leva alguns amigos para muitos quilómetros de distância).

 

Às vezes questiono-me se sinto mais falta da voz calma que me retirava toda a exaltação e me colocava numa tranquilidade fantástica, se da admiração mutua, se do cheiro.

 

O cheiro, acho que é do cheiro.

 

(já falado, aqui)

publicado por Escondida às 15:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 17 de Abril de 2010

Saudades

publicado por Escondida às 13:59

link do post | comentar | favorito

Eu sabia que havia uma razão para eu gostar tanto deles

Eu, ser de outro planeta, tenho uma banda favorita. A mesma da melhor amiga. A mesma de poucas pessoas. A mesma que fez tudo o que era possivel para me ajudarem num momento muito importante. Eu sabia que havia uma razão, para além da música e da cultura, claro, para eu gostar tanto deles. Só não sabia que era a amizade e empenho. Fiquei a saber.

publicado por Escondida às 13:04

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sabe-se - II

que já não há nada quando as birras acabam, assim, rapidinho.

 

E sabe bem, até porque:

 

Sabem quando a nossa cabeça (coração?) faz curto-circuito, uma espécie de interruptor se desliga e por algum motivo, mesmo que insignificante mas que constituiu a última gota de água, nós dizemos "já chega"? Aquele momento em que os fusíveis se queimam, em que nos apercebemos da situação, em que algo nos atinge e faz querer distância? Que nos faz gritar "caga nele", que nos faz pegar no telemóvel e apagar tooodas as sms's dele, desde as mais queridas às mais idiotas ("ok" ou "até já" mas que ainda assim nunca quisemos apagar, como se fosse dar azar ou qualquer coisa do género), que nos faz querer distância e rezar a todos os santinhos para que a empresa o mande para o Uzbesquistão durante 3 anos, sem qualquer acesso a internet, telefones e correio? Que nos faz ter que respirar fundo quando eles nos mandam aquelas mensagens só para marcarem presença na nossa vida não vamos nós esquecê-los e arranjar outro, qual cão a marcar território, e que, nessas alturas, nos faz pensar "tenho que ser muito zen, tenho que ser muito zen, inspira, expira" para respondermos cordialmente quando a vontade é gritar-lhe "vai para a p*** que te pariu e deixa-me em paz"?
Adoro esses momentos. Não adoro ter que os ter, mas quando é preciso, é uma alegria quando chegam. Porque antes disso eu até me posso forçar, até posso fingir que tomo resoluções, até posso dizer nunca mais e tuditudo mas eu no fundo sei que não adianta nada. Enquanto não tiver um momento curto-circuito o caldo continua entornado. Mas depois que o fusível se queima, aí meus amigos é limpar o fogão e fazer outro caldo. Porque não há mesmo volta a dar.
publicado por Escondida às 12:59

link do post | comentar | favorito

Sabe-se

que se tem os melhores dos amigos, quando, após um sem fim de discussões, se chateia com o melhor amigo. O que é que isto tem de bom? A melhor amiga contar-me que ele tem recorrido a ela para saber como é que eu estou. Sim, eu tenho mesmo os melhores dos amigos

publicado por Escondida às 12:57

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Abril de 2010

Está-se...

*a relaxar (ainda que por muito pouco tempo)

*a passear

*a rir muito

*solteirissima (ao fim de... muito tempo!)

*feliz...

 

:D

publicado por Escondida às 21:06

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. RIP

. AI!

. É a loucura!

. Nós, os cientistas...

. Venham mais cinco!

. A recordar (bom) trabalho

. Parabéns Diego!

. Nirvana

. Rio-me

. Irrita-me!

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds