Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Saramago

 

Não gostava da escrita dele, mas ainda assim, era alguém a quem o valor tinha de ser reconhecido.

 

Estou sem palavras!

 

 

publicado por Escondida às 13:17

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Dylan a 22 de Junho de 2010 às 17:22
José Saramago não era menos português por não pôr a bandeira à janela na véspera de um evento desportivo. Acima de tudo, a sua essência era ibérica. Convém dizer que só saiu de Portugal devido à ostracização de Sousa Lara, comprovada agora com o episódio político revisionista da não presença de Cavaco Silva no seu funeral. "Viagem a Portugal" é reflexo de amor e do encantamento que sentia pelo país, pela sua beleza e cultura, pela classe trabalhadora, espelhada na sua identidade, mesmo que isso significasse ir contra a ideologia do seu partido, contra a maioria religiosa, contra o politicamente correcto. Para o seu espírito inconformado, a morte é pouco relevante. Como diria Saramago, "o fim duma viagem é apenas o começo de outra".

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. RIP

. AI!

. É a loucura!

. Nós, os cientistas...

. Venham mais cinco!

. A recordar (bom) trabalho

. Parabéns Diego!

. Nirvana

. Rio-me

. Irrita-me!

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds